WhatsApp_Logo_2.png
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

©2016

Você está grávida? Saiba como prevenir o aparecimento de varizes - parte 1


A doença venosa crônica e varizes podem estar presente em até metade das mulheres. Suas causas ainda não são completamente conhecidas pela Medicina atual, mas devemos destacar a herança familiar, hormônios femininos, sedentarismo, sobrepeso e múltiplas gestações como causas importantes de varizes na mulher (se você não leu as 10 principais causas de varizes clica aqui).


As varizes relacionadas a gravidez tem características um pouco diferentes. Elas surgem cedo na gestação e estão, geralmente, associadas a sintomas como edema e dor nas pernas e esses sintomas desaparecem rapidamente no pós parto.

Em 20 a 50% das gestantes podemos encontrar varizes e, se levarmos em consideração também as telangiectasias (vasinhos), vamos encontrar doença venosa em 70% das gestantes.

Isso se deve ao aumento da progesterona e estrógeno durante a gestação, ganho de peso, retenção hídrica para formar mais sangue suficiente para mãe e o bebê e o efeito de compressão do útero sobre as veias do abdome.

Os sintomas mais comuns nas gestantes são dor, formigamento, cãibras noturnas, sensação de peso e edema das pernas.

Vamos falar sobre o tratamento das varizes nas gestantes no próximo post. Mas adianto aqui que o tratamento de varizes em gestante é geralmente clínico e está baseado no uso de meias de compressão e em elevar as pernas.

#inchaço #Meiaelástica #edema #Meiasdecompressão #varizesegravidez