Alô, sedentários: seu problema não é falta de tempo!


Tenho uma amiga (não é você, Querida ;)) que qualquer coisa que você tente marcar com ela, qualquer sugestão pra um curso ou atividade física é sempre um drama, porque ela NUNCA TEM TEMPO! Está sempre esbaforida, cansada e trabalhando.

As mídias, TV, internet e nas rodinhas entre amigos a mensagem é sempre a mesma: a vida é corrida e não temos tempo pra nada. Falta tempo pra família, pra descansar, dormir e fazer atividade física.

A rotina pesada, o corre corre da semana impedem a gente de tomar conta de nós mesmos. Mas será que isso é verdade? Um estudo americano diz que não, ao menos para grande maioria dos entrevistados...

Quem aí está careca de saber os benefícios da atividade física? Menos riscos de doenças crônicas do coração, diabetes e câncer, maior longevidade, melhor saúde mental e bem estar. E ainda assim, quase metade dos americanos não fazem a quantidade de atividade física recomendada por semana. E 8% das mortes nos EUA estão relacionadas ao sedentarismo todos os anos.

Atividade física exige motivação, dedicação, disposição, hábito e... tempo.

Um estudo do CDC (Center for Disease Control and Prevention) resolveu avaliar se a falta de tempo era mesmo responsável pelo sedentarismo americano.

Eles dividiram as atividades do nosso dia a dia em várias categorias, entre elas: cuidados pessoais, trabalho, estudo, viagens e etc. E definiram o tempo livre como o gasto com amigos, relaxando, assistindo TV, fazendo esportes, dentre outras.

Foram 32,048 pessoas entrevistadas em dois anos.

E vamos as descobertas:

Os homens tem mais tempo livre e fazem mais atividade física que as mulheres. (Precisava de uma pesquisa pra isso, gente? kkkkk)

Porém os homens passam quase 40 minutos a mais assistindo televisão e não diversificam as atividades durante o tempo livre quando comparados a nós mulheres. É só televisão!

Quanto mais idosos os entrevistados, pessoas com menor nível de educação, quanto menos saúde a pessoa dizia ter e quanto mais acima do peso, menos atividade física, mais tempo livre e mais tempo gasto na televisão.

É uma crença frequente hoje que ninguém tem tempo. Mas sabe quantas horas em média os entrevistados tinham livres por dia??? 5 HORAS!!!

Agora você faz o seguinte: pare, avalie sua rotina e pense se esse não é seu caso. Falta tempo, organização na agenda ou prioridade?

Substituir 30 minutos de redes sociais no smartphone e novela e futebol na televisão por uma caminhada não é difícil, não compromete sua rotina e pode mudar sua vida!

Link para artigo completo: https://www.cdc.gov/pcd/issues/2019/19_0017.htm

#Atividadefísica #Exercício #Prevenção