Dermatite ocre: observe os sinais do seu corpo.



Você já ouviu falar? Essas manchas podem parecer inofensivas, mas são sinais de doença venosa crônica em estágios avançados.




A dermatite ocre ocorre em pacientes com insuficiência venosa. O mau funcionamento das veias faz com que o sangue se acumule na perna aumentando a pressão local. Esse aumento de pressão leva a extravasamento de sangue e acúmulo de hemossiderina na pele. Este pigmento contém ferro, e isso leva a uma coloração amarronzada tipicamente nos tornozelos.

A dermatite ocre, geralmente, não dói, e pode estar associada a inchaço nas pernas e pele endurecida.

diagnóstico é feito através do exame físico e é preciso descartar outras causas de manchas nas pernas como traumas e infecções.

Para que a pessoa com varizes não desenvolva a dermatite, o tratamento em estágios iniciais é fundamental. Uma vez a dermatite ocre instalada, também deve ser tratada para evitar a progressão da doença para úlceras venosas.

E tem como clarear a pele? Sim. Mas esse já é assunto para outro post.


Não esqueça de deixar suas dúvidas e comentários abaixo.


Boa semana!

25 visualizações