WhatsApp_Logo_2.png
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

©2016

O que é doença arterial periférica - DAP?


DAP é uma doença progressiva que se caracteriza por estreitamentos ou obstruções das artérias - vasos responsáveis por distribuir sangue rico em oxigênio pelo corpo.


Essas obstruções levam a diminuição do fluxo de sangue e ocorrem mais frequentemente nas artérias dos membros inferiores.


90% dos casos são secundários a aterosclerose - placas de gorduras - e estão relacionados a hipertensão arterial, diabetes, obesidade, tabagismo, sedentarismo, aumento dos níveis de colesterol e hábitos de vida não saudáveis. 

Os pacientes podem não ter queixa alguma ou sintomas que variam de leve cansaço nas pernas, dor, câimbras e feridas que não cicatrizam. A dor da DAP é bem característica e conhecida como claudicação intermitente - o paciente anda, tem dor na panturrilha, pára de andar e melhora da dor. 

Estima-se que mais de 200 milhões de pessoas sejam portadoras de DAP no mundo.

Leia abaixo mais informações sobre a DAP e veja se você é um paciente de risco para a doença e suas complicações. 

  • O risco da DAP aumenta consideravelmente com a idade - acomete mais de 20% dos pacientes acima de 80 anos.

  • A DAP é uma doença silenciosa. Mais de 50% dos pacientes são assintomáticos e podem nem saber que são portadores da doença.

  • Ter DAP aumenta ao menos 2 vezes a chance de insuficiência cardíaca ao longo da vida.

  • 20–30% dos pacientes com DAP são diabéticos. 

  • Diabéticos tem 2 a 4x mais chances de ter DAP, obstruções do coração e acidente vascular cerebral com risco de infarto e AVC.

  • Tabagistas tem 2,5x mais chances de ter DAP.

  • 90% dos casos de DAP tem como causa a aterosclerose.

  • 3 a 4% dos pacientes com DAP sofrem amputações ao longo da vida.


Leia mais:


  • Saiba mais sobre DAP aqui e aqui.

  • Conheça os fatores de risco da aterosclerose para mulheres aqui.


Tenha seu check up vascular em dia, consulte seu médico regularmente e previna-se!