O que você precisa saber sobre pernas inchadas




O edema ou inchaço das pernas é uma queixa bastante comum nos consultórios vasculares, principalmente entre mulheres. E nada mais é do que o acúmulo de líquido nos nossos tecidos. Por conta da gravidade, as pernas e pés são os mais acometidos, mas pode se estender até as coxas ou acometer outras áreas como braços e abdome.







Nem todo inchaço das pernas é causado por varizes!


O inchaço pode ter diferentes causas, desde condições simples a doenças mais graves como erisipela, trombose venosa profunda e doenças sistêmicas como cardiopatias, insuficiência renal e etc.


O edema por si só não é uma doença, mas pode ser um sinal de que algo não vai bem e, por isso, deve ser sempre investigado.


Na maioria dos casos, o diagnóstico das pernas inchadas é clínico, ou seja, apenas conversando com seu médico e através do exame físico é possível identificar o que levou ao inchaço.

Para isso o médico fará algumas perguntas, mas você já poderá ajudar se observar algumas características chaves para fechar o diagnóstico. Vou dar algumas dicas abaixo:

  1. Observe o que faz o inchaço piorar ou melhorar. Você já acorda com os pés inchados ou há uma piora ao longo do dia? É pior durante a semana quando estamos trabalhando mais e melhor no fim de semana que podemos deitar e descansar?

  2. As duas pernas ou pés são acometidos ou apenas um deles?

  3. Existe inchaço em mais alguma parte do corpo como rosto, braços e abdome? Para isso, você pode observar se consegue retirar a aliança com facilidade ao acordar ou se isso só é possível ao final do dia.

  4. Quais as medicações em uso? Iniciou alguma medicação recentemente ou ajustou a dose? Algumas medicações como hormônios, alguns anti-hipertensivos e antiinflamatórios podem levar a inchaço das pernas.

  5. Esteve acamado recentemente por alguma doença mais grave, cirurgia ou traumas? Fez viagens longas nos últimos dias? Estar imobilizado na cama, em voos longos ou após cirurgias é um fator de risco importante para trombose venosa profunda que pode levar a inchaço das pernas.

  6. Você tem praticado atividade física? Movimentar-se regularmente ajuda no funcionamento do sistema venoso e melhora do edema.

  7. Está no peso adequado ou acima do peso? A obesidade está relacionada a várias doenças vasculares que podem levar a inchaço.

  8. É diabético? A diabetes é uma causa de edema de membros inferiores.

  9. Como está sua ingesta de sal? Muitos alimentos industrializados, enlatados? O sal pode levar a retenção de líquido e inchaço das pernas.

  10. O inchaço tem relação com o período menstrual? As alterações hormonais da mulher durante o ciclo menstrual podem levar a retenção de líquido e edema.

  11. Está grávida? Inchaço das pernas incomoda mais de 80% das grávidas e ocorre por causas mecânicas pela alteração no corpo da mulher e hormonais.

  12. Como está sua tireóide?

  13. Quais os sintomas que você apresenta além do edema: falta de ar, tosse, dor, febre? Doenças como insuficiência cardíaca ou renal podem levar a edema das pernas e o paciente irá apresentar outros sintomas por conta da cardiopatia.

Se você apresenta edema das pernas, não deixe de consultar seu médico para realizar o tratamento adequado e evitar complicações. Isso pode ser um sinal de doença séria e não deve ser ignorado!


Não esqueça de deixar suas dúvidas sobre inchaço das pernas nos comentários abaixo ou mandar um e-mail para catarinaalmeida@hotmail.com.


Boa semana, pessoal!