Porquê fazer USG após TVP?




Uma vez formado o trombo, 3 coisas podem acontecer:


  • O trombo se organizar dentro da veia e não ser nunca reabsorvido. A veia permanecerá fechada pra sempre.

  • O trombo ser parcialmente recanalizado. O sangue volta a circular na veia da trombose, porém ainda vemos no USG trombos residuais.

  • O trombo ser completamente absorvido. No USG não veremos mais trombos, porém podemos identificar “cicatrizes” da trombose antiga como veias profundas com refluxo e alterações da parede da veia.


O USG é a ferramenta que me informa em que estágio está a trombose e qual a situação do trombo.


Mas não adianta ter pressa!


Essa evolução da trombose leva meses, depende da medicação que está sendo utilizada que pode ajudar na absorção mais rápida, no local e extensão da trombose. Então não adianta querer fazer USG toda semana. Precisamos esperar ao menos 3 meses.


Siga sempre em acompanhamento com seu médico e obedeça as orientações. Trombose é coisa séria!