WhatsApp_Logo_2.png
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

©2016

Quais os fatores de risco para trombose na gravidez?



Sabemos que a gravidez por si só é um fator de risco para trombose venosa profunda (saiba o que é TVP aqui e aqui) e aumenta o risco de 4 a 50 vezes quando comparamos grávidas e não grávidas.


A chance de desenvolver TVP é maior durante todo a gestação, porém no período pós parto e em mulheres com trombofilias o risco é ainda maior.


Existem algumas características da mulher como doenças associadas e fatores relacionados a própria gestação e ao parto capazes de aumentar ainda mais o risco. Vamos conhecer alguns:


- Diabéticas

- História de múltiplas gestações, doença inflamatória intestinal, cardiopatias, hipertensão, tabagismo

- Infecção do trato urinário ou internações não relacionadas ao parto, principalmente, se maiores de 3 dias durante a gestação

- Gestantes acima do peso ou obesas e maiores de 35 anos

- Partos de emergência ou cesáreas

- Partos prematuros

- Hemorragia pós parto


Por isso, gestantes com história de trombose venosa profunda ou risco de eventos trombóticos e com gestações de risco devem ser acompanhadas de perto pelo obstetra e outras especialidades necessárias para diminuir o risco de complicações durante e após a gestação.


A necessidade de prevenção com medicações para TVP durante a gestação e após o parto deve ser feita caso a caso e sempre revista caso hajam mudanças na paciente.


Deixe sua dúvida ou comentário abaixo ou envie um e-mail para catarinaalmeida@cliangi.com.br


Boa semana!